(21) 2235-2547 | 99805-5902 contato@psiclinicas.com.br

Terapia para saúde e juventude

Durante séculos, os povos ocidentais iam buscar no oriente os temperos exóticos para preservar alimentos e dar sabor às comidas.

Contemporaneamente, com os meios de comunicação e de transporte já bem mais eficazes, a curiosidade ocidental se debruça sobre a filosofia, a medicina, e a sabedoria orientais, em busca de alternativas ou de complemento ao conhecimento e à forma de sentir e de pensar do ocidente.

Assim estamos descobrindo e introduzindo na nossa cultura sabores, aromas, tratamentos, técnicas de massagem e tantas coisas mais, à moda do oriente, na busca de vitalidade, prazer, rejuvenescimento e cura.

O Shiatsu facial é uma dessas práticas. Ainda pouco conhecido no Brasil, é uma técnica de massagem que tem origem na medicina chinesa. Atua nos pontos energéticos da face, ajudando a equilibrar a energia circulante nos meridianos, e, assim, promove a regulação geral do organismo. Mesmo trabalhando somente o rosto, o benefício é sentido em todo o corpo por causa da ativação sanguínea.

E, este é o diferencial da técnica, garante Aridinéa Vacchiano, autora do livro “Shiatsu Facial – A Arte do rejuvenescimento” (Ed. Ground): “o shiatsu trabalha o lado emocional e o físico. Melhora não só a pele, mas o funcionamento geral do corpo”.

Segundo a filosofia oriental, a energia do corpo precisa estar em equilíbrio. Se ela não fluir direito, o organismo não funcionará bem e, conseqüentemente, não distribuirá bem as vitaminas, sais minerais e proteínas, o que logo se refletirá na pele que fica mais frágil e suscetível ao envelhecimento precoce.

Por isto os benefícios estéticos do tratamento são logo visíveis, como explica Aridinéa, que baseou seu livro em sua larga experiência de terapeuta oriental, especializada em shiatsu e acupuntura: “o shiatsu facial promove a recuperação da tonicidade e da vitalidade do rosto, já que a pressão em certos pontos da face ativa a circulação sanguínea, oxigenando e hidratando a pele e estimulando a produção de colágeno e elastina. Tudo isso contribui para suavizar as rugas”.

Assim como previne ou atenua marcas de expressão e sulcos da face, pescoço e colo, o shiatsu facial atua também terapeuticamente em distúrbios aí localizados, como contratura mandibular, paralisia facial, neuralgia do trigêmeo, enxaqueca, distúrbios da voz, insônia, torcicolo, stress, dores cervicais entre outros, reforça a terapeuta.

Tratamento

O Shiatsu Facial serve do bebê ao idoso, observando-se as contra-indicações que são: câncer de pele (na face), cabeça, pescoço e linfático, pico de hipertensão, sinusites e rinites nas crises, gripes, etc. Para peles muito oleosas, ou com acne, também não é recomendado, pois o estímulo da massagem pode aumentar a produção sebácea.

O ideal é que se inicie com uma seqüência de 10 sessões, uma vez por semana, e, após esse período, reduza-se para sessões quinzenais durante dois meses e, por fim, para uma sessão mensal de manutenção, a fim de evitar que o equilíbrio energético fique perturbado pelo stress e emoções cotidianas, afetando a imunidade e abrindo portas para enfermidades.

“Através do shiatsu facial, fica-se com a energia mais harmonizada, e os fatores estressantes serão amenizados e conseguiremos lidar com eles mais equilibradamente sem adoecermos”, garante Aridinéa.

Pra comprovar os benefícios, só experimentando…

Matéria original: http://www.oieduca.com.br/artigos/em-forma/shiatsu-facial.html