(21) 2235-2547 | 99805-5902 contato@psiclinicas.com.br
É caracterizado pelo fato de as pessoas se mostrarem patologicamente ansiosas acerca de tudo. Nesses casos é difícil controlar a preocupação que é irrealista ou excessiva e não restrita  ou mesmo fortemente predominante em alguma circunstância ambiental em particular.
Os sintomas são altamente variáveis, mas queixas de sentimentos contínuos de nervosismo, tremores, tensão muscular, sudorese, sensação de cabeça leve, palpitações, fôlego curto, boca seca, tonturas, respostas de sobressalto exagerada e desconforto epigástrico são comuns. Medos de que o paciente ou um parente vai brevemente adoecer ou sofrer um acidente são frequentemente expressados, junto com uma variedade de outras preocupações e pressentimentos.
Embora os indivíduos com esse transtorno nem sempre sejam capazes de identificar suas preocupações como “excessivas”, eles relatam sofrimento subjetivo devido à constante preocupação, têm dificuldade em controlar a preocupação ou experimentam prejuízos no funcionamento social, ocupacional ou em outras áreas importantes.
A intensidade, duração, frequência da ansiedade ou preocupação são claramente desproporcionais à real probabilidade ou impacto do evento temido. O paciente considera difícil evitar que as preocupações interfiram na atenção a tarefas que precisam ser realizadas e têm dificuldades em parar de se preocupar.
Crianças tendem a exibir preocupação excessiva com a competência, com o desempenho escolar, atlético ou social e apresentam necessidade frequente de reasseguramento ou então mostram excesso de queixas somáticas. Adultos frequentemente se preocupam com circunstâncias cotidianas e rotineiras, tais como responsabilidades no emprego, finanças, saúde dos membros da família, infortúnios acometendo os filhos ou mesmo questões menores. Durante o transtorno, o foco da preocupação   pode mudar de uma preocupação para outra, e frequentemente está relacionado a estresse ambiental crônico.
O transtorno apresenta uma condição crônica que se não tratada pode durar a vida inteira.